recent posts

banner image

ANÁLISE APONTA CONTAMINAÇÃO EM ÁGUA MINERAL VENDIDA EM SÃO LUIS

Compartilhe esta Notícia

água mineralUm estudo encomendado pela organização H2Ong ao Laboratório de Química da Universidade Federal do Maranhão avaliou a qualidade da água mineral comercializada em São Luís. Das cinco marcas analisadas – Floratta, Indaiá, Lençóis Maranhenses, Mar Doce e Psiu – uma apresentou desconformidade nos parâmetros de qualidade. Na amostra da água mineral Floratta foi encontrada quantidade de coliformes totais quatro vezes acima do limite permitido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).
No item que avalia a quantidade de coliformes totais, o tolerável seriam 2,2 NMP (sigla que significa Número Total Permitido) para cada 100mL, mas o laudo da análise aponta 9,1 NMP/100 mL, o que sugere falha na higiene durante o processo de manipulação do produto. O laboratório realizou contraprovas em todas as amostras.
“A água mineral tem que estar isenta de qualquer substância que não sejam sais minerais e garantir ausência de risco à saúde da população.”, avalia Milton Dias, ambientalista e presidente da H2Ong.
Dias explicou ainda que as marcas de água mineral analisadas são as que detêm maior presença no mercado e que o estudo foi encomendado por conta do aumento significativo da demanda pelo produto em São Luís. “Água é questão de saúde. Buscamos um laboratório idôneo para fazer os testes e, para nossa infelicidade, encontramos este resultado”, completa.
Diante do resultado, a organização vai encaminhar os laudos para a Vigilância Sanitária do Estado e Município, Secretarias de Saúde municipal e estadual, além do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM).
ANÁLISE APONTA CONTAMINAÇÃO EM ÁGUA MINERAL VENDIDA EM SÃO LUIS ANÁLISE APONTA CONTAMINAÇÃO EM ÁGUA MINERAL VENDIDA EM SÃO LUIS Reviewed by Blog do Victor Macedo on 09:27 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.